Número total de visualizações de página

12 de janeiro de 2013

Sem rodas

Afinal já ando há dois anos a acompanhar a Francisca na equitação.
E se eu também.....





Já tive quatro aulitas. Passo, trote sentado, trote levantado e poucos sustos.
Está a saber bem. Afinal aquilo não difere muito de uma scooter antiga. Cheira mal, anda pouco, só pára se lhe apetecer, não lhe falta manhas e feitios, primeiro que arranque é o cabo dos trabalhos e dá alguma pinta. :)

2 comentários: