Número total de visualizações de página

28 de março de 2016

Persistência... teimosa

Desde que comecei a passear pelos campos de bicicleta, lá para o final de 2013, que a Rota das Cebolas, ali para os lados da Silva Escura na Maia, tem sido a minha preferência para treinar nuns caminhos não muito difíceis.



No entanto há lá uma subida que nunca conseguia fazer. É pequena. São cerca de 25m com desnível de 6m, portanto cerca de 16%, em terra, sulcado por regos de água, com pedras soltas à mistura.
Desde essa altura que sempre que lá vou tento. Fico sempre a meio.. Chamava-lhe a subida impossível. Até à passada sexta-feira. Fui passear de novo para lá com o Pedro e:



Não sei se inspirado pelo espírito pascal, se porque correu bem, a verdade é que finalmente consegui.
A persistência compensou.
Fica aqui, no monte Taim
:


Agora chama-se a subida de Taim e tem este aspecto:



Os meus agradecimentos à minha bicicleta, quase toda "homemade" que se portou de novo à altura.


"Piece of cake", portanto.



20 de março de 2016

Pão Espelta

A culpa é do Júlio!

Há dois equipamentos na cozinha com que sei lidar, o frigorífico e o micro ondas. De forma a manter os danos no mínimo, evito tocar no resto, com momentos de excepção relativos à torradeira, mas mais nada.
Tenho um amigo, o Júlio Santos, que gosta de experimentar coisas. Aqui há uns anos, quando estávamos habituados a andar na cidade de carro já ele conhecia as vantagens de usar uma scooter, quando as scooters se popularizaram, a bicicleta dele tinha já gasto alguns pares de pneus e quando a moda das bicicletas voltou, já ele andava há muito numa eléctrica.
Assim, tenho por costume prestar atenção ao último “entretém” dele. E o ultimo é a confecção de pão!
Assombrado com as imagens das obras que ele tem produzido no forno lá de casa, resolvi experimentar. Pedi-lhe conselhos e consultei o “fórum do pão”. Corri o Porto atrás de maçãs biológicas e farinha espelta. Respirei fundo e hoje foi o dia.
Sim, bem sei que não tem o aspecto dos dele, mas para mim foi um salto grande passar assim da máquina de sumos para a panificação.




Na mesa adicionei a minha mulher, a minha filha, queijo e presunto:


e passado uns minutos :smile emoticon


Acho que aprovaram. A repetir.