Número total de visualizações de página

12 de abril de 2013

As Sacas da Heinkel, das Malas e do Cogumelo

E pronto.
Foi dar duas voltas pelas casas de desporto, abrir seis buracos, ir a uma casa de costura das tradicionais para colocarem uns ilhós metálicos e já está.
Fica com um aspecto... diferente, mas afigura-se útil.


3 comentários:

  1. Eram mesmo essas mochilas em que eu estava a pensar. Ficou muito bem !

    Abraço,
    Vasco

    ResponderEliminar
  2. gosto. gostava de ver o aperto nos ilhós. gostava de saber onde apertam os plásticos da américa ;) ficou muita fixe. no vespão uso o espaço entreo suplente e o avnetal... mas sem mochilas. dá para o fato de chuva ou prá parka. às vezes leva a tenda, esteira e saco cama ;P

    ResponderEliminar
  3. É bastante óbvio, Barreto. O Plástico prende em dois parafusos da Heinkel, um na coluna de direcção e noutro que prende o avental da mota.
    Depois três parafusos em cada plástico, dois em cima e um em baixo, de nylon para não partirem o plástico, prendem com uma porca. A mochila tem os três buracos correspondentes, com um ilhó, tipo uma anilha. Os parafusos, como são compridos entram nesses buracos e apertas com outra porca. A parte de trás da mochila é almofadada, dando-lhe um pouco de rigidez (aspecto a melhorar ainda). Claro que uma porca de orelhas era mais fácil para tirar as mochilas. Como está custa a tirar. As alças das mochilas são cortadas, ou não. Podes em vez dos plásticos usar uma armação metálica, em alumínio por exemplo. Mas depois vês.

    ResponderEliminar