Número total de visualizações de página

6 de março de 2014

Kitanço Nagazoza 8 (The Drawback)

Para medir uma distância entre dois pontos, mede-se... a distância entre os dois pontos.
Pois, mas por onde medir? A resposta mais imediata seria a que a própria matemática sugere, ou seja em linha recta!
Mas nem sempre essa é a forma correta. Veja-se o seguinte exemplo.
A janela de escape deste cilindro foi alargada até aos 41mm seguindo as recomendações dos especialistas nestas modificações.
Para tal agarrou-se numa Dremel e num pequelisse e toca de ir tirando metal e medindo com a referida ferramenta até chegar aos tais 41mm.
O Sr. Ribeiro, com anos de experiência nos ombros, olhava desconfiado. Isso está a ficar muito largo. Os segmentos vão trancar. 
Até eu já estava a achar demais, mas o pequelisse indicava a medida correta.... até que exclamo: Isso não devia ser medido acompanhando a curvatura do cilindro?
Pois devia! E já estava com 48mm, portanto demais. Um cilindro estragado!
Ou talvez não. E se se encamisasse o cilindro? Até se podia alargar mais colocando uma ponte a meio de janela!
Veremos.






2 comentários:

  1. Quem se mete em kitanços mete-se em trabalhos. :) Eu também já andei à nora com a embraiagem, agora é a tua vez com o cilindro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calha a todos, portanto. Acautelando já tenho uma embraiagem nova, reforçada, mais discos, etc.

      Eliminar