Número total de visualizações de página

21 de junho de 2017

Scooters Bellissimo, California - Viagem de uma vida

O Mark Broadhurst, conhecido preparador inglês de Lambrettas, que fez o favor de há uns anos atrás participar na preparação do motor da minha "Handa Nagazoza", envia-me uma mensagem:

Hi Rui
I hope you are well. I have an American friend and his son touring Portugal on a scooter we did, his other scooter needs some spares . He is in Porto now and I thought you could maybe help him out. Sorry I do not know your phone number. Thanks Mark
 Mark Broadhurst MD - MB Scooters Ltd

Respondi-lhe com o o meu contacto e cinco minutos depois o visor do meu telemóvel indicava um numero com 14 caracteres.
Era o Mark Coffman, dono da Scooters Bellissimo na California, a pedir-me ajuda com um barulho estranho que a LI série II do filho, um simpático miúdo com 17 anos. Fui ter com ele para perceber melhor o que seria preciso. Um rolamento da cambota poderia estar nas ultimas. Um telefonema para um meu familiar com contactos no ramo e em 30 minutos tínhamos na mão o precioso rolamento que com toda a certeza iria evitar que ficasse na estrada. Trocou-o ele descobrindo entretanto que o volante estava também a soltar-se e rapidamente a Lambretta do filho também estava a postos para continuar a viagem que ele está a fazer.
Tendo arrancado de terras de Sua Majestade, tinha já atravessado a Galiza e iria terminar em Lisboa... por este ano.
Tenciona passar a próxima semana em férias por Lisboa, onde a mulher chega hoje de avião e no final deixará as Lambrettas em Portugal de modo que para o ano possa continuar a viajar pela Europa.



Hoje recebo nova mensagem, desta vez do próprio Coffman.
Que estava a caminho de Lisboa, sem problemas e que se eu pudesse passar pelo Hotel onde ele tinha estado, que tinha deixado lá uma coisa para mim como agradecimento...




Obrigado Marco e boa viagem.
Se para o ano voltares vamos beber umas cervejas.



6 comentários:

  1. Very cool!
    Teve imensa sorte na cidade onde avariou. ;-)
    Abraço
    P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em qualquer lado com scooteristas teria o mesmo tratamento

      Eliminar
  2. Muito bem,grande espírito!

    Essa tarja de Península Ibérica é especialmente apropriada para a T5, depois do Galizastúrias.

    Ora aí está algo de que ainda não me tinha lembrado: uma viagem à Califórnia. Belíssima ideia de deixar cá as Lambrettas, ir à vida, e voltar para o ano, que elas cá estarão à espera para o 2º round.

    abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto achei piada por também termos andado a vadiar pela Ibéria :)
      Talvez seja mais barato comprar uma mota noutro continente do que transportar a própria.

      Eliminar
  3. E a Motorex continua a fazer amigos ! Ahahaha !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que vou pedir aumento do patrocínio. :)

      Eliminar